nascer com o traseiro virado para a lua

É uma expressão assim de repente meia parva, mas que tem toda a sua veracidade. E eu asseguro que isto é verdade e é possível.
Vivo e partilho a minha vida com um homem que nasceu com o rabo virado para a lua. Nove anos volvidos e ainda fico maravilhada/admirada com a sua valente sorte em tudo o que faz na vida.
Como me diz muitas vezes "a sorte dá trabalho". Isto é verdade. Mas mesmo assim, acredito que tem os astros todos alinhados e a piscar-lhe o olho todos os dias, todas as horas.
Adorava ser abençoada dessa maneira. Também sou abençoada de outras formas, é verdade, não quero cá parecer ingrata. Mas ele tem um je ne sais quoi, um brilho que toda a gente reconhece.
Só espero que isto perdure por muitos muitos anos. De preferência comigo a bordo. Até sermos velhinhos. Sempre com muita saúde e felizes.

3 comentários:

  1. melhor do que ter sorte, é reconhecê-lo.
    já diz o ditado: "a sorte protege os audazes", audaciosos seremos portanto!

    ResponderEliminar
  2. Ora lá está uma coisa que tb n me importava nada de ser :)

    jokas

    ResponderEliminar