dormir

Bem a propósito do post da minha vizinha, eu cá também ando (outra vez) numa roda viva na hora de dormir.
É assim, isto corre bem, que corre, durante largos tempos. Mas depois acontece sempre alguma nova.
Agora quer sempre 486754 histórias antes de dormir. Minhas e do pai.
Primeiro vai o pai, que conta umas 2 histórias. Depois vou eu, que conto mais 2 ou 3. Depois quer miminhos do pai e lá vai o pai. Depois quer beijinhos e miminhos da mãe e lá vai a mãe.
Ah, depois afinal quer mais histórias da mãe. A mãe começa a soprar e a passar-se.
Explico-lhe que os meninos já estão todos a dormir e que já é muito tarde. Que lhe contei todas as histórias prometidas e que agora é hora de dormir, mas o garoto quer porque quer mais histórias.
Então aí a coisa normalmente resolve-se ou então descamba totalmente. É conforme o dia.
Eu, como disse, começo no inspira/expira. O pai tenta negociar assim como se negoceia com um assaltante de um banco.
E quando o pai não está? Há festival, pois claro.
Assim, estamos em busca da fórmula perdida. Se alguém a encontrar, que envie aqui para casa.
Obrigadinha.

26 comentários:

  1. Nós cá em casa estipulámos que era uma história por noite. Geralmente sou eu quem conta. Dou beijinhos. Mais beijinhos. Mais uns minutos de beijinhos e... Chama o pai. Lá vai o pai, dá beijinhos, mais beijinhos e mais beijinhos e... Chama a mãe. Mas a mãe manda-o dormir, dá bons sonhos e quando sobe dá mais um beijo e depois ameaça que fica zangada e que bom é acabar o dia feliz. Mais um beijo, mais um abraço e ele lá fica. Claro que há noites mais complicadas em que a mãe tem de fazer cara feia. Bjs e boa sorte.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh man, andaram na mesma escola, estou a ver :D
      Obrigada e boas noites.

      Eliminar
  2. Por cá andamos exactamente na mesma. Pensávamos que era a chegada do mano que estava a interferir, mas se calhar são mesmo os terrible 2! ;)

    ResponderEliminar
  3. Oh! Só cheguei há pouco ao teu blog, e apercebi-me... retiro o que disse anteriormente. Afinal é bem capaz de ser a chegada do mano, a causa de tanto mimo na hora de dormir! (e o meu está mesmo para breve) :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ele regra geral é bom de dormir, mas já passou por algumas fases.
      A pior foi há uns meses, quando viu um filme e ganhou pânico de dormir no quarto dele.
      Foi um mês sem dormir em condições. Duríssimo.
      Em bebé nunca quis ficar a dormir sozinho.
      Nunca foi terrivelmente dramático, mas também nunca foi muito fácil.
      Sim, é possível que tenha a ver com a chegada da irmã. Ou então é mais uma fase. Aaahhhhh.

      Eliminar
  4. eu estou em modo desespero! achei que já tinha a situação controlada há uns meses atrás, mas agora isto é o caos. a mais nova não dorme, a mais velha não dorme, a mais velha quer histórias, quer água, tem calor, tem frio, a mais nova chora e acorda a mais velha, a mais nova quer andar a correr pela casa e no fim querem vir as duas para a nossa cama. hoje era meia noite e eu estava aos berros de desespero. fico mesmo desesperada, porque a certa altura eu estou tão, mas tão cansada que não consigo fazer nada de lógico e quando começam as duas a chorar, às vezes apetece-me juntar-me a elas:(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. OMG!
      Pode ser que seja passageiro. Quer dizer, há-de ser de certeza, mais dia menos dia passa.
      Ou então... melhor comprar já um anti-rugas.
      Boa sorte!

      Eliminar
  5. Como eu a compreendo, aqui em casa tem sido dramático.Agora que finalmente o J. de 8 já consegue (pelo menos adormecer na sua cama, pois pela madrugada foge para o nosso quarto) o G. de 2 está terrível..."só mais um bocadinho, só mais um bocadinho mãe"...e acabamos sempre por esperar que adormeça.
    Beijinhos, ah! se eu encontrar a fórmula partilho-a com todo o gosto :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh man. Estou com a Mariposa colorida. Creio que não há cá fórmulas...

      Eliminar
  6. são todos iguais. com chegada ou não de manos. é aquela parte que vem sem livro de instruções. tomamos litros de paciência e por vezes a coisa entra no desespero.

    ResponderEliminar
  7. Está visto, trazem todos o mesmo chip bora atazanar os pais :D
    Lá em casa a mamã não é para brincadeiras e só cede uma história e depois acabou.
    (eu sou a vódrasta e também faço o que a mamã manda! :D)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Faz a Scarlet Red bem que com as mães não se brinca :D

      Eliminar
  8. Não há formula...não vale a pena ter ilusões...tenho duas e foi sempre a mesma coisa...

    ResponderEliminar
  9. Não há fórmula...um dia começam a dormir a tempo e horas e sem chatear...o pior é que por volta dos 18 anos não há história que se lhes conte que os faça dormir...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um pedido de uma Mãe, é uma ordem para outra Mãe!
      Então ´bora lá!
      Aqui em casa a coisa era bicuda para dormir; eram histórias e mais histórias e nada de dormir; a coisa começou a resolver com "massagens".
      Festinhas na testa, nas sobrancelhas, dedos pelo cabelo (como que penteando mas pela cabeça toda), ombrinhos (por debaixo do pijaminha) e depois pela coluna abaixo, fazendo ao mesmo tempo e a cada vertebra o som " toca a toca", e depois coluna acima; às vezes também queria nos pés (todo tapadinho com os pezitos de fora. Percebi que o toque o acalmava e relaxava e ele ficava prontinho para o sono. O compromisso era ele estar caladinho e de olho fechado enquanto eu executava as manobras. Esta fórmula tem um senão...ainda hoje me pede, muitas vezes que lhe faça massagem de dormir :)
      É curioso que ainda hoje isto o relaxa a ele e a mim.
      Espero que ajude. Pelo menos experimentar não custa, certo?

      Eliminar
    2. Amei! A sexy tem uma massagista escondida em si :D
      Eu até posso experimentar, mas cheira-me que o cachopo se desate a rir. Tem cócegas em todos os milímetros do corpo :)

      Eliminar
    3. :D
      é questão de encontrar a pressão certa (nem de mais, nem de menos) para não fazer cócegas (mais leve faz mais cócegas).

      Eliminar
  10. E se o adormeceres no sofá, deitado ao teu colo, enquanto tu vês televisão? Eu sei que vai contra TODAS as regras... mas, com a minha filha, funciona que é uma maravilha. 15 minutos... e já está! ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai Palmier... Esquece lá isso. Não conheces a peça.
      Nunca, em 3 anos, adormeceu ao meu colo. Ele não é nada de adormecer ao colo. Tem de ser no silêncio do quarto.

      Eliminar
    2. Pois, percebo... com a minha filha funciona... com o meu filho... jamais. :)

      Eliminar
  11. Nós também andamos numa fase esquesita. Chora porque não quer dormir sozinha. O que às vezes resulta, curiosamente também são "festinhas nas costas" adora! Acalma-se e está sempre a pedir mais. Mas outras vezes isso não pega, claro...
    Houve uma noite em que expliquei que toda a gente tinha de dormir, se não não acordavam a tempo para trabalhar/ir para a escola brincar etc... Exemplifiquei com o padeiro, que se não acordasse não fazia o pão para entregar na escola dela. O carteiro que não ia conseguir entregar as cartas...e às tantas ela diz "pois... e as vacas!, se elas não acordam não temos leitinho!" :DDD
    Agora, quando se lembra disso, fica mais facilmente na cama, mas lá está, só funciona algumas das vezes!

    ResponderEliminar
  12. A minha filha escolhe 1 livro grande e 1 pequenino antes de se deitar(tem várias colecções de livros mini muito giros). É assim que está estipulado e é assim que é porque nós pais é que mandamos! Simples como isso! Depois tem os beijos da mãe e pede para chamar o pai e por vezes a mãe tem de lá ir novamente! Isto do dormir, deitar, rotinas, não há fórmulas mágicas, na minha opinião e todas as familia têm rotinas diferentes. Mas uma coisa é certa: os pais mandam e definem as rotinas. Os pais decidem como se faz e explicam aos filhos. Portanto a minha dica: antes de começar a rotina da noite expliquem-lhe que pode ter 2 histórias muito giras e grandes, uma contada pelo pai e outra pela mãe e não terá mais do que isso pois têm de sobrar histórias para outros meninos. E não voltam com a palavra atrás e pronto! Não será linear como as minhas palavras, mas funcionará:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Maria João. Na teoria, é verdade que são os pais que mandam, que têm a última palavra.
      Mas também é verdade que isso não é chapa 4 e que não é por sermos nós a explicar e a decidir que serão apenas 2 histórias que os putos acatam e portam-se bem.
      E é nisso que eu falei, em como a hora de deitar nem sempre tem corrido bem, apesar de lhe dizermos que são só duas histórias e que não há mais que isso.
      Sim, é simples em teoria mas nem sempre fácil de executar.

      Eliminar
  13. pois ele está na fase do "estica a corda até partir", same here... por cá houve uma altura em que lhe líamos duas histórias minúsculas, mas se ela escolhia um livro maior, por exemplo Anita Mamã, era só esse. Já de há uns tempos para cá está conformada de que é apenas um livro, beijinho e dormir, mas se há noites em que adormece passado um bocado, há outras que demora ainda uma hora até apagar. Fica sentada na cama :SS NERVOSS
    quer fazer xixi, quer água e nós cedemos, mas há limites para tudo e cá o ultimato é "se não te calas imediatamente eu fecho a porta", é remédio santo.
    :D

    ResponderEliminar
  14. Batata frita sei perfeitamente isso. Tenho 2 peritos em casa a tentar-mostrar-que-a-mãe-e-o-pai-não-mandam-nada, mas se realmente queres mudar, vais ter de mandar e negociar e negociar e negociar!! Explica-lhe mesmo com calma, antes um bom bocado de ele ir dormir que só terá 2 histórias e no fim não lês mais e não cedes. Provavelmente irá chorar e a hora de ir dormir não será tão pacifica como se deseja, mas será só durante uns dias, vais ver! Depois será rotina! Boa sorte. Sê firme que eles são uns espertalhões e fazem de tudo para adiar a hora de fechar os olhos.
    Bjinhos e já agora parabéns pelo blog, gostei muito de te ler. Voltarei cá!

    ResponderEliminar