porquê porquê porquê porquê porquê

Tenho aplicado uma sugestão da Magda, quando a minha cria me bombardeia com os porquês: devolvo-lhe a pergunta. Pergunto-lhe o que é que ele acha.
E hoje o resultado foi lindo.

Cria: Mãe, vamos à praia.
Eu: Não pode ser, está a chover.
Cria: Porque é que está a chover?
Eu: Porque há nuvens no céu e elas deitam água (desculpem-me a explicação primária, mas para uma criança de 3 anos pareceu-me a melhor) e depois tu ficas com os sapatos molhados e não pode ser.
Cria: Mas porque é que eu fico com os sapatos molhados?
Eu: Porque a chuva molha.
Cria: Porquê?
Eu: Porque é que achas que a chuva molha?
Cria: (pausa) Olha! Eu não sei tudo!!!

7 comentários:

  1. Fabuloso! Acho que vou seguir a técnica. Eu tenho duas crias nessa fase!

    ResponderEliminar
  2. ah ah ah! Lá por casa também estamos nessa fase :D mas como só sou vódrasta ao fim de semana, respondo cheia de paciência e invento histórias. Também já lhe devolvi a pergunta, mas ele é um contador de histórias como eu ;)

    ResponderEliminar
  3. Tão cómica! Imagino a cara da mãe... Acho que as nossas crias iam entender-se às mil maravilhas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade!
      Mas só uma coisa: é uma cria macho :D

      Eliminar
  4. ahahahah adorei! fiquei fã dessa "cria" macho :D

    ResponderEliminar