Hoje foi a primeira vez que experimentei levar a nossa cria à consulta do obstetra. Fomos os dois mais cedo, o pai foi ter connosco.
Fomos ao piso da maternidade. Vimos o berçário e os bebés (ternura ternura). Vimos a máquina onde ficou algumas horas quando nasceu por causa da icterícia. Mostrei-lhe as camas onde ficam os bebés quando nascem e onde eu vou ficar quando a nossa mais nova nascer.
Comprámos um livro do Ruca e, enquanto esperámos pela chamada da enfermeira, lemos a história.
Pesei-me e ele também. 2 Kg a mais para mim desde a última vez e 15 Kg para ele.
O pai chegou e brincaram enquanto esperávamos pela chamada do médico.
E depois foi a consulta mais gira com um olhos nos olhos, 3 anos depois, entre o médico que o viu nascer e o nosso miúdo.
Um aperto de mão e sorrisos tímidos celebraram o encontro.
O bater de coração da irmã e mais sorrisos.
"Já está na recta final", "não se importe com a hora que fôr, ligue-me se entrar em trabalho de parto", foram frases que trouxe comigo.
Quase 34 semanas ♥

4 comentários:

  1. Nunca tinha pensado nisso nessa perspetiva, mas deve ser giro reencontrar aquele ser minúsculo e enrugado que se ajudou a nascer e ele já ser gente...

    ResponderEliminar